FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa madrugada! Sexta-feira, 14 / 12 / 2018
JI-PARANÁ
Airton parabeniza Ji-Paraná pelos seus 41 anos

Data da notícia: 2018-11-21 20:04:02
Foto: Assessoria/Divulgação
O parlamentar parabenizou a população pelo crescimento da cidade e demais conquistas
O deputado Airton Gurgacz (PDT) usou a tribuna em sessão parlamentar na quarta-feira (21) para parabenizar o município de Ji-Paraná, que completa 41 anos de emancipação política e administrativa hoje, dia 22 de novembro.
“Quero falar da nossa cidade de Ji-Paraná, que amanhã completa 41 anos, sendo amada por todo Estado. Uma cidade que retorna tudo o que os moradores investiram em tempo, trabalho, sonho e esperança”, afirmou o parlamentar, na sessão dia 21.
Ele afirmou que o dia é uma celebração das diversas culturas comportadas no município, que hoje possui 127 mil habitantes, e também das conquistas realizadas na cidade com ajuda dos poderes Executivo e Legislativo nos últimos anos.
“Foram muitas emendas dadas por legisladores e administradores, sem exceção”, destacou.
Hoje, a cidade de Ji-Paraná também é considerada a Capital do Agronegócio de Rondônia pelo governo do estado e pela Assembleia Legislativa, sediando a maior feira de agronegócios da região Norte, a Rondônia Rural Show. Possui uma grande diversificação na prestação de serviços, principalmente na área alimentar.
Segundo Gurgacz, no próximo mês haverá a inauguração do Anel Viário, com 13 km de extensão.
“É uma obra que deveria ter sido feita pelo Dnit e o ex-governador Confúcio Moura (MDB) e agora o Daniel Pereira (PSB) tiveram a coragem de pegar e colocar a obra para frente, então é com muita alegria que podemos dar essa notícia”, garantiu Airton.

História
O município de Ji-Paraná tem uma área de aproximadamente 6.897 Km quadrados, o que representa 2,9% da área territorial de Rondônia, é a segunda maior cidade do estado.
A população total do município é de 115.593 habitantes, seu núcleo urbano encontra-se na foz do Rio Urupá, no Rio Machado, sendo cortado pela BR-364.
Esta pesquisa se propôs a verificar a história de Ji-Paraná, no que diz respeito à migração, políticas de ocupação e desenvolvimento atual, com o objetivo de criação de um documentário preparado para o Festival de Arte e Cultura dos Institutos Federais de Rondônia, com o intuito de mostrar a construção histórica e como ela reflete no desenvolvimento atual da cidade.
A princípio, Ji-Paraná era habitada por populações indígenas, seu desenvolvimento urbano se deu a partir do século XIX, quando migrantes nordestinos ocuparam a região objetivando a extração do látex, principal atividade da época. Com a II Guerra Mundial o mercado consumidor de borracha amazônica cresceu muito, além do látex, a descoberta de diamantes intensificou a migração de pessoas que buscavam melhores condições de vida, essas, dando inicio a atividade garimpeira e impulsionando ainda mais a economia local.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.