FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Domingo, 16 / 06 / 2019
TECNOLOGIA
Sistema permite agilidade no processo de aposentadoria

Data da notícia: 2018-12-27 12:04:43
Foto: Assessoria/Divulgação
Funcionalidades criadas pela Detic integram informações de vários sistemas governamentais
Procurar informações em processos físicos já não é uma realidade corriqueira na administração de Rondônia. Desde março de 2017, o Sistema Eletrônico Integrado (Sei) faz com que processos tenham agilidade e facilidade para essa demanda. Outro mecanismo de maior resultado para buscas de informações é o e-Estado. Nele, se vê benefícios voltados diretamente para finanças, educação, patrimônio, licitações, recursos humanos, servidores e cidadãos em geral. A plataforma foi apresentada para o setor de Recursos Humanos do governo e já está em uso.
Com documentos dos servidores armazenados em um único sistema, nesse caso no e-Estado, é mais fácil para os RHs das secretarias emitir a Certidão de Tempo de Serviço (CTS). Nessa certidão constam informações de quanto tempo trabalhado, desde férias até licenças. De acordo com Giordani dos Santos, diretor executivo de Desenvolvimento de Pessoas, o que antes demorava anos para procurar documentos em processos físicos, hoje ocorre com apenas um click.
“O primeiro passo foi digitalizar todas fichas funcionais, já existia cerca de 20 mil arquivos dentro do sistema, e implantamos mais 12 mil com dados de servidores ativo. O próximo passo foi digitar todas as fichas até o ano de 1990. Um dos principais problemas eram as informações incorretas. As vezes faltava nome da mãe, data de nascimento trocada, e para alterar tudo isso demorava no mínimo uns sete meses. Hoje o responsável pelo RH, faz alteração instantânea e isso gera mais fidelidade para informação” afirmou Giordani.
O uso dos novos sistemas facilita a absorção de informações do servidor para emissão da CTS. Exemplo disso é o servidor que fez a atualização cadastral no portal do servidor já tem toda informação no e-Estado. Vale lembrar que o a Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas (Segep) não aposenta o servidor, e sim auxilia na prestação de informação para o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos (Iperon) realizar processo de aposentadoria.
A implantação do Sistema de Recursos Humanos Integrados do Estado de Rondônia foi desenvolvido pela Superintendência do Estado para Resultado (EpR), em parceria com a Segep, Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), em que se desenvolvem o aperfeiçoamento da funcionalidade desde agosto. Para Hudyson Santos Barboa, diretor executivo de Tecnologia da Informação e Comunicação da EpR, o desenvolvimento da ferramenta possibilita o estado a trabalhar em um único sistema e com mais eficiência. “Além da veracidade das informações, Rondônia também reduz custos pelo uso de vários sistemas que haviam em cada RH” disse.

e-Estado
É um software livre, que foi adaptado do sistema e-Cidade. Rondônia se tornou o primeiro estado a usar a ferramenta adotada e coordenada pelo Ministério do Planejamento. O objetivo é unificar as informações de forma atualizada de todos os servidores e todas as secretarias.
Gerenciado pela Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Detic) da Superintendência do Estado para Resultado (EpR). O projeto tende alcançar todas as áreas, não somente de recursos humanos, sendo finanças, patrimônio e licitações. “Com informações no âmbito pessoal de servidores, pretende-se interligar todas as informações até mesmo do Diário Oficial do Estado, resultando na facilidade do servidor para ter acesso a tudo na sua vida funcional”, conta Ricardo Favaro, superintendente da EpR.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.