FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Segunda-feira, 19 / 08 / 2019
CONTAMINAÇÃO
Semusa descarta risco de surto de meningite em Ji-Paraná

Data da notícia: 2019-04-17 19:04:27
Foto: Assessoria/Divulgação
Diretor do Hospital Municipal, Rafael Papa, deu entrevista nesta quarta-feira (17), falando sobre a produtora rural diagnosticada com a doença

A morte de uma produtora rural de 60 anos de idade, do município de Mirante da Serra, diagnosticada com meningite no Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz, em Ji-Paraná, acendeu um alerta para um possível surto da doença.
Porém, a Prefeitura Municipal de Ji-Paraná tranquilizou toda a população, informando que não há risco de contaminação pela doença no município.
No último domingo (14), o Hospital Municipal de Ji-Paraná recebeu a paciente transferida de Mirante da Serra, com a suspeita de ter contraído meningite.
Por conta da gravidade do caso clínico, a paciente foi encaminhada para um hospital particular de Ji-Paraná e, posteriormente, transferida para o Hospital Municipal, onde o diagnostico da doença foi confirmado.
A paciente estava em estado grave e acabou falecendo na segunda-feira (15).
A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Ji-Paraná ressaltou que diagnosticou a paciente com meningite, tão logo ela deu entrada na unidade hospitalar e, realizou todos os procedimentos e profilaxias (medidas para prevenir ou atenuar doenças e contaminações) que o caso requer, estabelecendo as medidas preventivas de saúde da população.
Segundo o diretor do Hospital Municipal, Rafael Papa, a doença é grave, mas não existe surto de meningite em Ji-Paraná. A transmissão só é possível por meio de secreções, ou seja, é preciso um contato contínuo para contrair a doença.
“Todos os cuidados foram tomados dentro da unidade hospitalar visando garantir a segurança e a saúde de servidores, demais pacientes, e da população como um todo”, declarou Papa.

Prevenção
O Ministério da Saúde recomenda a vacina contra a meningite para crianças menores de cinco anos e adolescentes de 11 a 14 anos. As salas de vacinas do município disponibilizam as doses gratuitamente.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.