FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Quarta-feira, 24 / 07 / 2019
EXECUÇÃO
Procurador foi assassinado com 14 tiros, revela polícia

Data da notícia: 2019-05-08 18:06:31
Foto: Divulgação
Os tiros que ceifou a vida do procurador de Cacoal saíram de uma pistola calibre .40

A Polícia Civil revelou ontem (8) que o procurador S.S., da Câmara de Vereadores de Cacoal, foi assassinado com 14 disparos de arma de fogo. O crime foi no gramado do jardim da Casa de Leis, durante a tarde da última terça-feira (7).
A delegada responsável pelo caso, Erica Demarchi, diz que os tiros contra Sidnei foram disparados por uma pistola calibre .40. Os disparos atingiram várias partes do corpo do procurador, que morreu na hora.
Conforme informou a polícia, a vítima estava na frente da casa legislativa, quando dois suspeitos chegaram em um carro, descera e passaram a atirar várias vezes contra S.S. O procurador morreu antes da chegada do Corpo de Bombeiros.
Ainda na tarde de terça-feira, um homem foi preso suspeito de ter participado do assassinato. Com ele foi apreendido a pistola calibre .40. Além da arma que pode ter sido usada no crime,. Na casa do suspeito, foram apreendidas 12 munições intactas de calibre .40, 77 munições de calibre .380 e 3 munições de calibre .22.
Durante o ataque na frente da Câmara, o amigo do procurador, G.F., foi baleado pelos criminosos. Ele segue internado no Hospital de Urgência e Emergência Regional de Cacoal (Heuro), mas a unidade hospitalar não deu informações sobre o estado de saúde dele.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.