FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Terça-feira, 19 / 11 / 2019
PISCICULTURA
Capacidade de produção em Rondônia cresceu 8,63%

Data da notícia: 2019-07-09 17:59:07
Foto: Assessoria/Divulgação
Em 2019, de janeiro a junho, já foram exportados mais de 259 toneladas de peixe para o Peru, Bolívia e estados brasileiros

Nos últimos três anos, segundo dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), a área total destinada à piscicultura no estado de Rondônia cresceu 8,63%, saindo dos 14.544 hectares de espelho-d’água, em 2016, para 15.800 em 2018.
“Mesmo que não tenha crescido a passos largos em termos de número de empreendimentos, as áreas alagadas, onde são produzidos os pescados, têm aumentado sucessivamente”, avaliou Maria Mirtes Pinheiro gerente de aquicultura e pesca da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri).
Para explicar o crescimento, a gerente da Seagri especifica que os empreendimentos piscicultores rondonienses estão concentrados em duas regiões produtoras: uma na região central e a outra no Vale do Jamari. “O território do Vale do Jamari concentra os grandes empreendimentos e a região central se caracteriza pelos piscicultores familiares,” esclareceu.
Além disso, ela destaca que ocorreu crescimento da piscicultura em Rondônia nos últimos anos, principalmente pela entrada de médios e grandes empreendimentos localizados no território do Vale do Jamari e a adoção de novas tecnologias na produção, que em pouco tempo permite ao produtor aumentar a densidade de peixes nos tanques.
“Historicamente a piscicultura no estado se desenvolveu pela agricultura familiar. E nos últimos anos, percebemos o crescimento dos médios e grandes empreendedores aquícolas”, lembrou Mirtes.
Rondônia possui 4.308 empreendimentos cadastrados e licenciados exclusivamente para comercialização e produção, ocupando uma área de 15.810,26 hectares de espelho d’água, com uma projeção de produção de 95.534,37 toneladas ao ano.

Exportação
As exportações de peixe rondoniense tiveram início em 2017 com destino ao Vietnã, segundo os dados do Comex Stat – o sistema para consultas e extração de dados do comércio exterior brasileiro – do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Midic). Em 2019, de janeiro a junho, já foram exportados mais de 259 toneladas de peixe para o Peru, Bolívia e estados brasileiros.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.