FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Segunda-feira, 23 / 09 / 2019
DENÚNCIA
Alero deve apurar irregularidades em medidores de energia elétrica

Data da notícia: 2019-08-27 19:08:59
Foto: Assessoria/Divulgação
Laerte Gomes (c) recebeu as denúncias de irregularidades de representantes da Adoro

Após receber várias denúncias de consumidores, o presidente da Associação em Defesa dos Direitos e Garantias do Povo de Rondônia (Adoro), Jesuíno Boabaid, entregou ofício ao presidente da Assembleia Legislativa (Alero), Laerte Gomes (PSDB) solicitando a abertura de uma comissão especial para a apuração de possíveis irregularidades nos medidores de energia elétrica digitais e analógicos, em todo o estado.

“E não são apenas consumidores os autores das denúncias, mas pessoas com capacidade técnica também. Alguns chegaram a nos afirmar que os relógios chegam de forma regular na empresa distribuidora de energia e lá, os aparelhos seriam mandados para um setor fazer a alteração que aumenta os números na hora da medição do consumo, aumentando assim, o valor das tarifas que já é um absurdo”, alertou Jesuíno Boabaid.

Ele ainda lembrou ao presidente Laerte Gomes que já estão vigorando em Rondônia as bandeiras tarifárias, amarela e vermelha, sob a justificativa da Aneel que há previsões de chuvas abaixo da média.

“Isso porque, aqui estão as principais hidrelétricas do país. Sem contar que nesse período, em Rondônia, já é tipicamente mais seco e que não temos problema algum com falta de água em nossa região, o que nos faz questionar quais os motivos para o povo do nosso estado arcar com uma conta ainda mais cara nesses meses”, indagou o presidente da Adoro.

Em resposta, o presidente Laerte Gomes acatou o pedido da entidade e confirmou que providenciará, junto aos demais parlamentares da Alero, a abertura da comissão especial.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.