FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Segunda-feira, 23 / 09 / 2019
URUPÁ
PM prende quadrilha que pretendia roubar caminhonete

Data da notícia: 2019-08-27 19:16:31
Foto: Comando190
Com os suspeitos, os PM’s encontraram uma garrucha, calibre 32, com um cartucho deflagrado

Graças a uma ação rápida e com denúncias anônimas, mais uma quadrilha especializada em roubos de caminhonetes foi desarticulada, na madrugada de terça-feira (27), na zona rural da cidade de Urupá. Na ação, os bandidos trocaram tiros com a polícia e três pessoas foram presas.
De acordo com a PM, na madrugada de terça-feira, a Central de Operações da Polícia Militar (190) de Urupá recebeu ligações informando que havia um veículo Celta, de Cacoal, abandonado em um local próximo à saída para Alvorada do Oeste.
Com o apoio de homens de Alvorada, a PM foi até o local e abordou o ocupante do veículo. Nele, um jovem de 21 anos, que se apresentou como motorista de aplicativo da cidade de Cacoal.
Segundo o motorista, dois indivíduos o contrataram para ir até a cidade de Urupá e ao chegar no município, um terceiro indivíduo entrou no carro. Em seguida, eles foram até a Linha T-11, e os passageiros desembarcaram em um local ermo.
O motorista de aplicativo ainda contou aos policiais que um deles ordenou para que ele retornasse ao trevo e aguardasse a chegada deles, pois iriam executar um roubo nas proximidades.
Imediatamente, policiais militares foram até a Linha T-11 e começaram a patrulhar as imediações. Eles se depararam com o trio saindo do mato e após receber voz de parada, os bandidos atiram contra os policiais.
Dois dos suspeitos foram presos no local e identificados como H.L.E.S., ex- presidiário que saiu havia 10 dias do Sistema Prisional de Vilhena e M.J.F. indivíduo de alta periculosidade com várias passagens pela justiça. O terceiro criminoso conseguiu fugir, se embrenhando em uma região de mata fechada.
Com a dupla, os PM’s encontraram uma garrucha, calibre 32, com um cartucho deflagrado.

Diante da situação, a dupla recebeu voz de prisão e foi encaminhada à Unisp. A história contada pelo motorista de aplicativo não convenceu aos policiais e ele também foi conduzido para a Unisp, onde foi apresentado ao delegado de plantão.


Fonte: Comando190


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.