FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Terça-feira, 22 / 10 / 2019
OPERAÇÃO PRIMULA
Grupo criminoso é alvo de operação da PF

Data da notícia: 2019-09-20 18:45:39
Foto: Divulgação
Os investigados foram encaminhados ao Presídio Central de Ji-Paraná

A Polícia Federal deflagrou, na manhã de sexta-feira (20), a denominada Operação Primula, visando o cumprimento de dois mandados de prisão preventiva, 11 mandados de busca e apreensão e uma medida cautelar diversa da prisão consistente na proibição em manter contato entre os investigados. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal da Justiça Federal de Ji-Paraná/RO.

O inquérito policial foi instaurado em 2018 com o escopo de apurar a existência de grupo criminoso organizado, responsável por invadir, lotear e desmatar uma extensa área pertencente à União – “Projeto de Assentamento Margarida Alves”.

Desde o início das investigações, foram realizados vários flagrantes de extração ilícita de madeira na área pertencente à União – “Projeto de Assentamento Margarida Alves”, gerando vários inquéritos policiais. Na maioria dos casos, após a extração da madeira do local, ela era transportada e comercializada por pessoas ligadas diretamente à organização criminosa.

Constatou-se, ainda, um grande avanço na degradação ambiental na área e entorno dos acampamentos montados pelos invasores do “Projeto de Assentamento Margarida Alves”, sendo perceptível que o propósito dos grupos criminosos seria desmatar e extrair grande quantidade de madeira e lucrar com essa atividade criminosa, o que causa grave dano ao meio ambiente.

As investigações demonstraram também que os líderes do grupo criminoso se valem de uma cooperativa para realizar o cadastramento das famílias, demarcação de lotes e recolhimento dos valores das vendas ilegais dos lotes, fomentando a manutenção dos invasores no local.

O nome da operação “Primula” refere-se à tradução do nome “Margarida” para o latim, em referência ao nome do Projeto de Assentamento de responsabilidade da União. Estão sendo empregados na operação 50 Policiais Federais.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.