FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Sexta-feira, 15 / 11 / 2019
Ordo Partium
Operação prende mais de 30 integrantes de facção criminosa

Data da notícia: 2019-10-24 19:14:48
Foto: Divulgação
A operação ocorreu nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena

A operação “Ordo Partium” prendeu acusados de pertencer a facção criminosa nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena. A ação contou com o apoio da Polícia Militar, Sejus e das unidades da Polícia Civil. Ela é resultado da atuação conjunta entre a Polícia Civil de Rondônia, por meio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e o Ministério Público Estadual.

As investigações iniciaram no ano de 2018, após chegar àDraco a informação que “faccionados”, integrantes de facção, estariam organizando uma festa com a distribuição de drogas, daí o nome da operação, posto que Ordo Partium significa “Fim de festa”.

Com base nas informações, investigadores encetaram diligências que franquearam a adoção de medidas judiciais cautelares, que levaram à identificação de diversos envolvidos com a organização criminosa, revelando suas ramificações e lideranças, totalizando até o momento 40 investigados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, e também crime por associação à organização criminosa.

Ao longo de meses, foram apurados crimes praticados tanto no interior das unidades prisionais, como externamente, mas após ordens expedidas pelos líderes presos. A polícia informou que as comunicações ocorriam tanto por meio de aparelhos celulares nas unidades, como com uso de “bereus” (bilhetes) e até recados repassados por meio das visitas aos internos.

Toda a investigação foi conduzida e concluída pela Draco e após, remetida ao Ministério Público, houve o oferecimento de denúncia e posterior representação das medidas de busca e apreensão e prisão das pessoas identificadas, as quais, de alguma forma, estariam colaborando para as atividades da organização criminosa.

Até ontem (24), cerca de 120 policiais civis e 50 policiais militares cumpriram mandados de busca e prisão, que envolveram cinco unidades prisionais da capital: Presídio Federal; Urso Panda; Urso Branco; 603 e 470, bem como, apartamentos situados no Residencial Orgulho do Madeira, e em diversos endereços localizados nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena.

Como resultado, foram presas preventivamente 31 pessoas investigadas, por comporem ou cooperarem com a organização criminosa, além de 18 mandados de busca e apreensão que possibilitaram encontrar cadernos com anotações de interesse da investigação e ligados às atividades da Orcrin, aparelhos celulares, uma arma de fogo e munições. Ainda restam oito pessoas foragidas que estão sendo buscadas pelas equipes.


Fonte: Rondoniaovivo


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.