FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Segunda-feira, 16 / 12 / 2019
DIA DE FÚRIA
Fere um, mata outro a facadas e é morto a tiros por policial

Data da notícia: 2019-11-01 19:07:53
Foto: Comando190
Unidades da Polícia Militar foram acionadas para atender a ocorrência no bairro Jardim Presidencial no 1º distrito de Ji-Paraná

Na sexta-feira (1), um homem enfurecido matou uma pessoa a facadas e feriu outra na rua Rio Amazonas, no bairro Jardim Presidencial III, 1º distrito de Ji-Paraná. Durante a fuga, o criminoso investiu contra um policial militar e morto a tiros.

De acordo com a polícia, na semana passada, o agressor, identificado como J.R.N., 55 anos, que morava de favor com seus pais em uma casa alugada, começou a brigar com vizinhos. Ele foi conduzido três vezes à Unisp por acusações de furto e agressões.

Devido às confusões, o proprietário da residência pediu para que o casal de idosos desocupasse o imóvel e quando a mudança era feita no período da manhã, J.R.N. pegou uma faca e desferiu um golpe na barriga do locador, identificado como J.A.B., 60 anos, deixando as vísceras expostas.
Neste momento, um outro inquilino, identificado como L.G.C. tentou separar a briga e também foi ferido com uma facada no abdômen.

Em seguida, o homem, totalmente enfurecido, ainda tentou esfaquear outras pessoas enquanto fugia do local a pé. Ele foi seguido pelo filho de uma das vítimas até os fundos de uma residência, localizada na rua Tancredo Neves, próximo ao local das agressões.

Um policial militar que estava de folga observou a movimentação na rua e pediu reforço. Enquanto ele aguardava as viaturas, o homem tentou atacar um pedestre e ao receber ordem de parada, o criminoso investiu contra o policial, que revidou, efetuando dois disparos.

O PM ainda realizou os primeiros socorros no criminoso e chamou o Corpo de Bombeiros. Uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros chegou rapidamente no local, mas o agressor já estava sem vida.

Vizinhos também relataram aos policiais que J.R.N. era uma pessoa violenta e agredia constantemente seus pais. Ele também possuía uma extensa ficha criminal e na semana passada chegou a ser conduzido três vezes para a Unisp, por agressões e por furto. O aposentado J.A.B. foi submetido a uma cirurgia e não corre risco de morte.


Fonte: Comando190


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.