FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Sexta-feira, 06 / 12 / 2019
NOVEMBRO AZUL
Lançada campanha de prevenção e combate ao câncer de próstata

Data da notícia: 2019-11-11 10:49:43
Foto: Assessoria/Divulgação
Segundo previsão da Secretaria Estadual de Saúde, 360 homens, em 2019, tiveram registro do câncer de próstata

Atendendo à programação mundial, o governo de Rondônia lançou, sexta-feira (8), em Porto Velho, a campanha pela saúde do homem “Novembro Azul”, de prevenção e combate ao câncer de próstata, que tem previsão de acometer 360 homens neste ano em Rondônia, já com registro de cinco óbitos até o mês de setembro.

O médico Fernando Máximo, titular da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), fez a abertura da campanha e protagonizou momentos de descontração e importantes ao falar do tema que para muitos ainda é tabu. Segundo ele, não há que se ter medo ou preconceito quanto ao exame de toque, eis que ele pode salvar vidas, se realizado a tempo. Ele explicou que todos os exames – PSA, imagem, etc -, são importantes no processo de investigação da doença, podendo apontar situações de suspeita, mas nenhum deles pode detectar um minúsculo tumor na próstata.

“Só o toque de um médico experiente pode detectá-lo”, disse confirmando que nesta fase (até um ano) o câncer de próstata pode ser curado totalmente.

O secretário da Saúde não se limitou a falar do câncer de próstata, destacando que o próprio governo federal (Ministério da Saúde) tem um programa específico de Saúde Integral para Homem. Segundo ele, o homem precisa se conscientizar da importância da prevenção e manutenção da saúde, e que, novembro é apenas uma data para lembrar, mas que todo dia é dia de prevenção.

Fernando Máximo citou que até setembro de 2019, 288 pessoas em Rondônia morreram por variados tipos de câncer, e que, por isso, o homem deve adotar uma postura preventiva para evitar, por exemplo, o câncer de pênis, do intestino, do pulmão, de mama (o homem também tem câncer de mama), e tantos outros, além das doenças do coração, da visão, diabetes, hepatite, sífilis e tantas outras que têm feito muitos óbitos em Rondônia.

Ao lado de várias autoridades estaduais – Etelvina Rocha, secretária de Justiça, Márcio Rogério Gabriel, superintendente de Licitações, Ana Flora, da Agência de Vigilância de Saúde, entre outras – Fernando Máximo convocou as famílias a incentivarem os homens a realizarem exames periódicos, e citou casos de pacientes terminais que acompanhou, arrependidos de não terem feito tais exames por preconceitos ou por pura desinformação.

Por fim, o secretário informou sobre uma recente pesquisa científica da qual teve conhecimento, que assegura que, quanto maior for o número de ejaculações, menor é o risco de câncer da próstata. Sob aplausos e sorrisos efusivos de comemoração da plateia, Fernando Máximo chamou a atenção para a importância do sexo seguro, lembrando que a promiscuidade gera riscos variados, com o contágio de doenças como hepatites, sífilis, gonorreia e HIV, cujo índice que havia caído voltou a crescer em todo o Brasil.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.