FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Sexta-feira, 06 / 12 / 2019

Hospital Veterinário São Lucas é referência na Região Norte

Data da notícia: 2019-11-27 17:00:37
Foto:

Referência em Rondônia e na Região Norte, o Hospital Veterinário São Lucas, que passou a funcionar em 2005 nas antigas instalações do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná e passou por ampliações em 2009, funciona hoje como hospital veterinário com atendimento 24h, possibilitado nos últimos anos pelo aprimoramento em medicina veterinária, que é uma pós-graduação similar à residência médica, funcionando diariamente como suporte para o curso de Medicina Veterinária da UniSL São Lucas Ji-Paraná, com atendimento a animais de pequeno e grande porte.

Apesar de possuir há anos um projeto de atendimento gratuito, o hospital veterinário não tem realizado atualmente estes atendimentos. A coordenadora do curso de Medicina Veterinária da São Lucas, Renata Fuverki, explicou que com as mudanças do centro universitário e para cumprir com normativas relativas à profissão e ao Conselho Regional de Medicina Veterinária, esses atendimentos estão temporariamente suspensos. “Estamos em processo de renovação de nossos projetos e, enquanto essa documentação não for atualizada e analisada, por respeito a todos os outros profissionais e ao código de ética da medicina veterinária, suspendemos os atendimentos gratuitos temporariamente. Estamos apenas seguindo todos os regulamentos que tangem a nossa profissão. Atualmente, é proibida a gratuidade, sorteio ou descontos em atendimentos como método publicitário, então precisamos apenas registrar legalmente que nossa intenção é realizar atendimentos para fins comunitários. Tão logo estejamos regularizados, as atividades retornarão, pois esta é uma função social da nossa instituição”, explicou Renata.

A coordenadora do curso explicou que, durante os atendimentos aos animais, os acadêmicos do curso atuam somente orientados por seus professores, onde são envolvidos diretamente com a prática. Eles passam por capacitações iniciais, como o treinamento em esterilização de materiais e instrumentais hospitalares e, de acordo com o grau de conhecimento dos acadêmicos é que eles vão evoluindo em suas atividades dentro do hospital.

O hospital está apto a atender animais de pequeno e grande porte e conta também com ala de internação e laboratório para exames clínicos. Renata ainda orientou como a população deve proceder ao encontrar um animal silvestre machucado. “Nós temos uma parceria com a Sedam e com isso, realizamos o atendimento ao animal silvestre para posterior reinserção na natureza. Porém, este atendimento precisa ser mediado pelas autoridades competentes. Se você trouxer um animal silvestre sozinho, passa a ser sua a responsabilidade por ele. Então, aconselhamos que, caso você encontre algum animal silvestre precisando de auxílio médico, acione a polícia ambiental ou o corpo de bombeiros para que eles encaminhem esse animal para o nosso hospital, onde ele receberá o atendimento necessário e adequado”, explicou a professora.



Castração com valor acessível

O Hospital Veterinário possui um projeto de extensão, para o qual trabalha com uma tabela comercial com valores ligeiramente abaixo do mercado, com o intuito de atender a uma faixa específica da população. “Como temos alunos acompanhando cada caso, pode ser que o atendimento ao paciente se torne mais demorado, desde que não seja uma emergência, enquanto em outros locais este atendimento tende a ser mais rápido. Em função disso e de ser um hospital escola, nossos procedimentos têm custos ligeiramente reduzidos”, explicou.

Renata ainda contou sobre o Projeto Castração, onde os procedimentos para a população carente são cobrados praticamente a preço de custo. “Porém, é necessário que o proprietário se inscreva no programa e passe por um crivo de comprovação de renda máxima de dois salários mínimos, para que o animal seja cadastrado no Projeto Castração" acrescentou. O Hospital Veterinário São Lucas fica anexo ao prédio do São Lucas Educacional e o telefone para mais informações é o 3411-2700.


Fonte: Mary Camata


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.