FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Sexta-feira, 06 / 12 / 2019
JI-PARANÁ
Prefeitura de Manaus realiza intercâmbio no CMAEE

Data da notícia: 2019-11-29 10:10:07
Foto: Assessoria/Divulgação
Integrantes da Prefeitura de Manaus fizeram intercâmbio técnico de uma semana na unidade de atendimento de Ji-Paraná

“O trabalho desenvolvido com crianças autistas aqui é simplesmente maravilhoso!”. A afirmação é da enfermeira e servidora da Prefeitura de Manaus (AM), Erika Augusta do Amaral Coelho, que, na nesta semana, fez uma visita técnica ao Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado para Autismo (CMAEE) de Ji-Paraná. A visita reuniu pais e profissionais da unidade.

Também esteve presentes no CMAEE, o prefeito Marcito Pinto e a secretária municipal de Educação, Edilaine Alves da Silva Nogueira.
Acompanharam Erika Coelho, a fonoaudióloga Ana Cristina Furtado e a socióloga Mira Suelen Machado Batista, com o intuito de observar e trocar experiências.

Indagadas pelo próprio prefeito sobre como chegaram informações do Centro de Autismo de Ji-Paraná no Estado do Amazonas, elas explicaram que ficaram sabendo do trabalho realizado aqui por intermédio da médica Camila Milagres, de Belo Horizonte(MG), do psiquiatra Vinícius Barbosa, de Campinas (SP) e da terapeuta Patrícia Piacentini, de Recife (PE) que acompanharam a implantação do centro há alguns anos. Segundo Erika Coelho, todos “falaram maravilhas” do Centro de Autismo de Ji-Paraná.

A surpresa das profissionais da saúde de Manaus ao acompanhar o funcionamento do CMAEE se deve ao fato de que, na capital manauara, mesmo com uma população de aproximadamente dois milhões de habitantes, mais de dez vezes a população ji-paranaense, existe apenas um Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil (CAPSI) e o atendimento às crianças autistas acontece no mesmo espaço, porém em dias alternados, em que são atendidos crianças e jovens com problemas com álcool e drogas, esquizofrenia e outros tipos de transtornos mentais.

“Em Manaus, trabalhamos com nossas crianças autistas com o mesmo modelo que vocês, o DIR Floortime, mas em proporções bem reduzidas”, explicou Erika Coelho.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.