Sexta-feira, 28 / 02 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br

INVESTIMENTOS
Governo entrega mais mudas de café robusta para 44 municípios

Data da notícia: 2019-12-16 18:50:28
Foto: Assessoria/Divulgação
Produtor rondoniense está satisfeito com a colheita, após inovações tecnológicas no manejo e na qualidade do café

A cada ano a cadeia produtiva do café rondoniense demonstra mais solidez. A dedicação de milhares de cafeicultores está fazendo a diferença com inovações tecnológicas no manejo, produtividade, beneficiamento e na qualidade da produção cafeeira.
Porém, é preciso avançar e focar no “desenvolvimento contínuo”. Cada elo da cadeia deve ser tratado de forma específica de maneira a manter o conjunto das atividades cafeeiras em sintonia, visando os mercados nacionais e internacionais, bem como a geração de riqueza e renda.

Considerando a produção de mudas clonais de café como uma das variáveis mais importantes de toda a cadeia produtiva, pois as suas qualidades genéticas e sanitárias são essenciais para a formação de uma lavoura produtiva, todos os esforços devem ser despendidos para que se tenha mudas clonais de alto padrão a preços competitivos e que não desequilibrem o custo de implantação da lavoura.

“Por isso, é necessário também a determinação de um padrão das mudas, como forma de certificar-se de que as mudas a serem adquiridas estão dentro das condições de sanidade fitossanitária, sistema radicular e área vegetativa aptas a serem levadas ao campo e que assegurem a produção saudável, pois o cafeeiro é uma planta com característica de cultivo perene, podendo ser cultivado por vários anos sem que haja necessidade de replantio” destacou Evandro Padovani, secretário de Estadual da Agricultura (Seagri).

O governo de Rondônia tem investido neste setor produtivo e os resultados mostram o quanto o governo economizou na aquisição das mudas clonais de café e, principalmente, pelo incentivo à atividade. Nela, os viveiristas investiram em novas tecnologias de produção e na pesquisa de novos clones. Por outro lado, o estado conseguiu atender um número maior de agricultores familiares, na medida em que adquiriu mudas diretamente dos viveiristas a preços compatíveis com a realidade do mercado, eliminando a influência da quarteirização.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.