Sexta-feira, 28 / 02 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br

JI-PARANÁ
Banco da Amazônia repassa R$ 50 mil ao Funcriança

Data da notícia: 2020-01-14 17:58:00
Foto: Assessoria/Divulgação
O prefeito Marcito Pinto se reuniu, na manhã de terça-feira, com representantes do Banco da Amazônia, Vara da Criança e Adolescente, Semas e CMDCA

O Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ji-Paraná (Funcriança) recebeu um depósito de R$ 50 mil do Banco da Amazônia. O valor é parte do Imposto de Renda devido, no exercício de 2019, e foi repassado como renúncia fiscal. O Funcriança de Ji-Paraná tem como principal objetivo financiar projetos de entidades que atuam na garantia da promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

Em Ji-Paraná, são 20 entidades assistenciais cadastradas pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) que podem participar de editais e receber recursos do Funcriança, mediante a apresentação de projetos que comprovem ações e atividades com crianças e adolescentes carentes ou sem situação de vulnerabilidade social.

O anúncio dos recursos foi feito em reunião realizada no Palácio Urupá, na terça-feira (14), com as presenças do prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto (PDT), gerente geral da agência do banco em Ji-Paraná, Zileno Dantas Martins, da assistente administrativa do banco, Marli Brambilla Maron, juíza substituta da Vara da Criança e Adolescente, Márcia Adriana Araújo Freitas, titular da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Sônia Reigota, e da vice-presidente do CMDCA, Lidiane Tanazildo.

Segundo Zileno Dantas, o Banco da Amazônia, em virtude de sua política de responsabilidade social e de desenvolvimento, tornou-se parceiro da campanha “Declare Seu Amor” e está realizando os repasses ao Funcriança regularmente. Dantas ressaltou que, além de Ji-Paraná, outros fundos em Rondônia, que possuem como finalidade o atendimento de crianças, adolescentes e idosos, também devem receber repasses financeiros.

A juíza Márcia Freitas destacou a importância de que todos os segmentos da sociedade se envolvam e contribuam com o Funcriança, especialmente, por se tratar de recursos que não saem do patrimônio privado. São recursos que seriam pagos em impostos.

“Por isso, a importância da campanha “Declare Seu Amor”, que nasceu em Ji-Paraná e foi idealizada pela juíza Ana Valéria e tem como principal viés conscientizar e incentivar os contribuintes a destinarem parcela da dedução de seu Imposto de Renda aos fundos municipais dos direitos da criança e do adolescente”, assinalou.

Sônia Reigota afirmou que os recursos fazem uma grande diferença na vida de cada criança e adolescente que é atendida pelas entidades de Ji-Paraná e enalteceu que o repasse do banco também é um reconhecimento à capacidade do Funcriança em gerir esses recursos, especialmente pela forma com que as prestações de contas são realizadas.

Marcito Pinto agradeceu, em nome das entidades, os recursos recebidos e lembrou que recentemente o Funcriança realizou o repasse no valor total de R$ 131 mil às entidades que apresentaram projetos para o edital de 2019. Para 2020, o prefeito informou que o fundo ainda possui um saldo de 216 mil, que será disponibilizado por edital e será lançado ainda neste ano.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.