Sexta-feira, 28 / 02 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br

EDUCAÇÃO
Rondônia recebe R$ 3,1 milhões para projeto das escolas cívico-militares

Data da notícia: 2020-01-17 18:23:37
Foto: Assessoria/Divulgação
Porto Velho e mais três municípios rondonienses serão contemplados pelo projeto das escolas Cívico-Militar

Os deputados estaduais votaram, na quarta-feira (15), o Projeto de Lei 385/2020 que autoriza o governo estadual a abrir crédito adicional especial por anulação até o valor de R$ 3,117 milhões à unidade orçamentária da Secretaria Estadual da Educação (Seduc) para desenvolver o projeto das Escolas Cívico-Militar em Porto Velho e em mais três municípios rondonienses.

O deputado estadual, Aélcio da TV (Progressista), após aprovação da matéria, ressaltou os métodos de ensino que o sistema de militarização faz em localidades de vulnerabilidade extrema aos estudantes. Em comunidades abandonadas de políticas públicas educacionais disciplinares e eficazes para a boa formação do cidadão, segundo Aélcio da TV, as forças de segurança pública com todo o seu aparato multidisciplinar e científico fazem toda a diferença no processo de transformação social.

A Escola Ulisses Guimarães, localizada no bairro Jardim Santana, zona leste de Porto Velho, é exemplo ciado pelo deputado de território perigoso descrito pelas forças de segurança pública.

O parlamentar declarou apoio irrestrito ao sistema de educação com servidores do policiamento ostensivo. Segundo ele, boa parte de suas emendas foram destinas à referida unidade educacional. Ele acredita que, em 2020, os resultados positivos virão. O deputado Eyder Brasil (PSL), líder do governo na Assembleia Legislativa, agradeceu ao governo federal. De acordo com ele, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi preponderante na decisão para o repasse do recurso financeiro para a Seduc. “Estamos atendendo ao clamor da população”, defendeu.

Cirone Deiró (Podemos ) parabenizou o projeto da Escola Cívico-Militar no município de Cacoal e disse que no primeiro período de 2020, as audiências públicas realizadas pela Alero serão constantes na cidade. Deiró, frisou que o intuito é buscar um sistema qualificado de educação, e o cívico-militar tem esse requisito. Por fim, ele parabenizou o governador Marcos Rocha (PSL) pela eficiência em encaminhar as mensagens de suma importância para a sociedade rondoniense.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.