Sexta-feira, 03 / 04 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


SAÚDE
Estão abertas inscrições de médicos para combater coronavírus

Data da notícia: 2020-03-13 18:02:53
Foto: Assessoria/Divulgação
As inscrições serão feitas, por meio do Programa Mais Médicos

Iniciaram na segunda-feira (16), as inscrições de médicos, com CRM Brasil, que desejem trabalhar no combate, ao novo coronavírus (Covid-19), nas capitais e grandes centros, além dos municípios carentes e aldeias indígenas. A convocação está sendo feita pelo Ministério da Saúde, por meio do Programa Mais Médicos, para mais de 5 mil profissionais. A remuneração será de R$ 12 mil e o contrato terá duração de 1 ano.

De acordo com a pasta, de forma emergencial, os profissionais serão distribuídos em 1.864, municípios de todo o país, além de 19 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dsei). Capitais e grandes centros urbanos voltam a fazer parte do programa, que vinha priorizando municípios mais necessitados.

A mudança ocorre, porque grandes cidades, com maior concentração de pessoas, são locais mais propensos à circulação do coronavírus. O edital foi publicado, em edição extra, do Diário Oficial da União, na quarta-feira (11). A expectativa é que os médicos já comecem a atuar nos municípios, no início de abril.

“O Mais Médicos é um programa de provisão emergencial de médicos e pode ser usado em emergências de saúde, como a que estamos passando com o coronavírus”, disse o secretário de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzheim. Para garantir a contratação de todos os médicos, o ministério vai investir, R$ 1,2 bilhão.

Junto com o documento para chamamento dos médicos, a pasta publicou outro edital, a fim de que os lugares, que já participavam do Programa Mais Médicos manifestem a intenção de renovar às vagas para os novos profissionais. A partir de segunda-feira, os secretários municipais de Saúde já podem indicar o interesse em receber os médicos.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, recomendou que a população se tranquilize quando à investigação do coronavírus no estado. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) e Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) estão atentas aos exames necessários à identificação ou descarte da doença.

A recomendação é de que a população evite aglomerações e tenha cuidados básicos com a higiene, como lavar a mão com sabão ou álcool em gel, com graduação a partir 70%.


Fonte: Agência Brasil


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.