Domingo, 05 / 04 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


COVID-19
Prefeitura de Ji-Paraná aconselha que moradores evitem locais aglomerados

Data da notícia: 2020-03-20 19:17:05
Foto: 20200321-141.jpg
Orientação é para que moradores procurem ir aos mercados e feiras sozinhos e fora do horário de pico

(Marco Bernardi) Com o primeiro caso do novo coronavírus (Covid-19) confirmado no município, a Prefeitura de Ji-Paraná tem orientado as pessoas, a fim de que evitem aglomerações saindo de casa apenas para ações essenciais, como trabalhar e fazer compras, este último de preferência, sozinho ou com apenas um acompanhante, contendo a grande concentração de pessoas em mercados e feiras livres.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), essas medidas estão sendo tomadas para tentar barrar a contaminação pelo Covid-19. A prefeitura reforçou o pedido às pessoas que façam várias vezes ao dia, a higienização das mãos. Evitar a disseminação do vírus depende, diretamente, do comportamento individual e coletivo das pessoas.

Na terça-feira (17), o município anunciou uma série de ações de emergência para evitar a disseminação do Covid-19. Entre as determinações, estão a suspensão das aulas da rede municipal de ensino e de cursos e oficinas, geridos pela Fundação Cultural de Ji-Paraná (FCJP), ou pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas).

Eventos esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos e religiosos também estão suspensos. A Semusa ainda cancelou as visitas, incluindo as de cunho religioso, no ambiente do Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz, liberando apenas a presença de acompanhantes de pacientes internos e em observação.

Conforme a Prefeitura Municipal, mediante Assessoria de Comunicação, por se tratar de um local com prestação de serviço essencial, com a comercialização de gêneros alimentícios, o Feirão do Produtor Rural funcionou normalmente na quinta-feira (19). Entretanto, após o decreto publicado pelo prefeito Marcito Pinto (PDT), o local ficará com o atendimento suspenso, pelo prazo inicial de 15 dias.

Os supermercados vão funcionar normalmente, mas a recomendação da prefeitura é de que as pessoas procurem fazer as compras foram do horário de pico e, preferencialmente, sozinhas.
As idas ao Beira Rio Cultural, reinaugurado recentemente, também devem ser evitadas para prevenir a população da exposição ao vírus do Covid-19.

A prefeitura informou que tais precauções precisam ser tomadas agora, com o intuito de evitar medidas drásticas no futuro, como ocorreu em São Paulo (SP), onde a prefeitura local proibiu o funcionamento do comércio, a partir de sexta-feira (20).

Transporte público

Autarquia Municipal de Trânsito (AMT) relatou que o transporte público coletivo, os serviços de táxi, táxi-lotação, mototáxi e o transporte individual de passageiros por aplicativos não sofrem nenhum tipo de suspensão e, portanto, funcionam normalmente.

A única recomendação para esses serviços essenciais à população é para que intensifiquem a higienização dos veículos, inclusive disponibilizando álcool em gel aos usuários.
Uma notícia falsa, criada por um usuário do Facebook foi compartilhada, diversas vezes, em grupos de Whatsapp e Telegram, gerando transtornos e distorcendo informações.

Para combater este tipo de disseminação de notícia falsa, a AMT identificou o dono do perfil responsável pela publicação, o local de trabalho, IP da máquina utilizada para postagem e registrou ocorrência policial, a fim de que o indivíduo responda criminalmente pela criação e disseminação de fake news.


Fonte: MARCO BERNARDI


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.