Domingo, 31 / 05 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


PANDEMIA
Governo prorroga estado de calamidade e aulas seguem suspensas

Data da notícia: 2020-05-14 19:09:14
Foto: 20200515-121.jpg
O novo decreto criou quatro fases do chamado ´Distanciamento Social Controlado´

(Da Redação) O governo de Rondônia publicou nesta quinta-feira (14), um novo decreto de calamidade pública, que implanta o plano de ação para frear o avanço do novo coronavírus. Entre as medidas previstas no documento nº 25.049, o estado estende a suspensão das aulas na rede estadual, pública e privada de ensino até 30 de junho.

O anúncio do novo decreto ocorreu na quarta-feira (13), durante entrevista coletiva. O governador Marcos Rocha (Sem partido) informou que o plano de ação “Todos por Rondônia”, anunciado em 8 de maio, passou por alterações. Atividades comerciais, como óticas e lojas de produtos agrícolas entraram na lista de serviços essenciais.

Em meio as medidas que constam na nova ordem estadual, seguem suspensas: visitas em hospitais públicos e particulares, penitenciárias e unidades socioeducativas, asilos, orfanatos, abrigos e casas de acolhimento, ingresso no estado por transporte público ou privado.

O estado ainda proíbe: realização de eventos sociais (exceto reuniões de governança que tenham por intuito, o enfrentamento da pandemia) e a permanência e trânsito de pessoas em áreas de lazer e convivência, seja pública ou privada, inclusive em condomínios e locais residenciais.

O governo também determina que haja vigilâncias sanitárias nos municípios para o controle de entrada e acesso de passageiros nos aeroportos, portos e rodoviárias, transporte coletivo, que seja feito sem exceder a metade da capacidade de passageiros, estabelecimentos comerciais fixem horários ou setores exclusivos, a fim de atender pessoas com idade superior ou igual a 60 anos e contratação temporária de profissionais da saúde.

Decidiu-se ainda que setores do comércio identificados como não essenciais podem permanecer funcionando, mas apenas pelo sistema de tele-entrega ou drive thru.

O estado também definiu como obrigatório, o uso de máscara em qualquer local que haja circulação de pessoas, “fechado ou aberto, privado ou público, como também nas áreas de circulação, nas vias públicas e nos meios de transporte”. Caso contrário, “acarretará a aplicação de multa, conforme legislação correspondente”, segundo o decreto.

Casos de Covid-19

Na quarta-feira (12), o estado de Rondônia chegou a 1.612 casos confirmados de Covid-19, sendo 1.189 casos ativos, aqueles que ainda não se curaram e transmitem a doença, além de 50 óbitos. Porto Velho é a cidade com maior número de pacientes diagnosticados com coronavírus, 1.238, o que representa cerca de 76% de todos os casos de Rondônia. Com informações do G1.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.