] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 21/01/2021 - 15:27
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


DESCENTRALIZAÇÃO
Para melhorar atendimento, Ji-Paraná transforma academias de saúde em centros de prevenção à Covid

Data da notícia: 2021-01-08 18:25:27
Foto: Assessoria/Divulgação
A secretária de Saúde, Franciany Brasil e a secretária do Ser Mulher, Ana Maria Santos, durante entrevista no Jornal Correio Popular

O município de Ji-Paraná contará, a partir desta segunda-feira (11), com dois centros de atendimento à população para o enfrentamento e prevenção à Covid-19.

Os atendimentos acontecerão na Academia de Saúde, localizada na praça dos Jardim dos Migrantes, no 1º Distrito e na Academia de Saúde, no Cedel, na praça do BNH, no 2º Distrito. O objetivo desta ação, segunda a secretária de Saúde Franciany Chagas R. Brasil, é a descentralização do centro de atendimentos no Hospital Municipal e para melhor atender a população de ambos os distritos, com mais eficiência e agilidade.

Franciany Brasil disse que as duas academias vão ter atendimento restrito para Covid-19, exclusivamente para aqueles pacientes com sintomas leves, assintomáticos que tem dúvidas sobre contato que teve com pessoas positivas. “Nosso objetivo é de constituir respostas coordenadas e articuladas para o enfrentamento da Infecção Humana pelo novo coronavírus (Covid-19) no município de Ji-Paraná”, destacou.

Um comitê, que será oficializado por decreto e que reúne representantes de várias secretarias municipais, em especial de Saúde, Educação, Comunicação, Assistência Social, Defesa Civil, além de órgãos como da Segurança Pública, Associação Comercial e empresários, está sendo criado pela administração para ajudar no enfrentamento e prevenção do coronavírus.

“Diante dos constantes casos confirmados em Ji-Paraná e pela dimensão da doença em todo o mundo, iremos criar um comitê para definir ações conjuntas de enfrentamento.

Nosso objetivo com o comitê é tranquilizar a população sobre a situação do coronavírus no município, disponibilizando um canal de fácil acesso às informações e orientações, visando incentivar a população e os empresários sobre a importância das prevenções e a não aglomeração para que o município não venha sofrer embargo e a economia possa ser prejudicada com a falta de ações”, informou a secretária de Saúde.

Atendimento
Franciany Brasil lembra que o atendimento nas Academias de Saúde será de segundas as sextas-feiras das 7h30 às 11h30 pela manhã e das 13h30 às 17h30 na parte da tarde. Nos locais haverá médicos, enfermeiros e profissionais da saúde a disposição da população, como também equipamentos para testes rápidos e medicamentos para o tratamento da Covid-19.

“No caso de algumas pessoas não apresentarem sintomas no período de sete dias, um exame vai ser solicitado e agendado no laboratório de biologia para um detalhamento completo e um tratamento eficaz. Se algum dos pacientes apresentarem sintomas mais graves, eles serão enviados para o Centro de tratamento de Covid, no Hospital Municipal para receber as medicações adequadas”, frisou Franciany Brasil.

A secretária da Ser Mulher, Ana Maria Santos lembra que durante os dias de atendimentos nas Academias de Saúde serão distribuídas 15 fichas no período da manhã e 15 fichas no período da tarde para atendimento da população. “A partir do momento que a população tenha duas Academias de Saúde a disposição, teremos a diminuição da aglomeração da população do Centro de Tratamento de Covid e com isso, iremos conseguir minimizar a contaminação”, disse Ana Maria.

Distribuição de Medicamentos
Conforme a secretária de Saúde, Franciany Brasil, os atendimentos nas duas Academias de Saúde serão por tempo indeterminado, até que haja uma diminuição do vírus em Ji-Paraná ou um tratamento mais eficaz.

Sobre a distribuição de medicamentos, a secretária de Saúde destaca que neste primeiro momento o prefeito Isaú Fonseca (MDB), está focado em garantir o tratamento da população que está contaminada pelo Covid-19 e das pessoas que estão com sintomas da doença.

“No caso da distribuição de medicamentos para a população em geral que queira se prevenir do vírus, o prefeito está empenhado em diminuir a disseminação do vírus no município, mas não descarta a possibilidade de fazer a distribuição do kit para a comunidade de modo preventivo”, informou.


Fonte: Josias Brito


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.