] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 01/03/2021 - 12:20
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


JI-PARANÁ
Isaú Fonseca adverte Caerd sobre qualidade de serviços

Data da notícia: 2021-02-22 17:50:34
Foto: Assessoria/Divulgação
A empresa de água terá que apresentar um cronograma de trabalho para melhorar os serviços prestados à população de Ji-Paraná

O prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca (MDB), recebeu, na última semana, o presidente da Caerd, José Irineu Cardoso, acompanhado do presidente da Câmara Municipal de Ji-Paraná, Weliton Fonseca (MDB), vereador Lorenil Gomes (PSDB) e diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Município de Ji-Paraná (Agerji), Ronaldo Alexandre, a fim de discutir propostas para melhorar os serviços da companhia no município.

A Agerji tem recebido inúmeras reclamações de falhas no fornecimento de água e de variados danos causados em vias públicas por constantes reparos na rede de distribuição.

Diante dos fatos, foi necessária uma reunião para que a Caerd apresentasse um cronograma de trabalho, com o intuito de evitar o racionamento d’água.

Ronaldo Alexandre afirmou que a agência recebe reclamações diariamente e que foram encaminhadas ao escritório local da companhia. “Como agente fiscalizador da Caerd, entendemos que a empresa precisa dar uma resposta, com atendimento mais rápido, de acordo com a expectativa do consumidor”, admitiu.

Na reunião, o presidente da Caerd, José Irineu Cardoso, firmou compromisso com o chefe do executivo municipal e representantes da CMJP para solução dos problemas.

“A empresa entende as reclamações e vamos trabalhar em um planejamento para atender às reivindicações feitas e a população pode ficar tranquila, a companhia mesmo com suas limitações, sabe de suas obrigações”, alegou.

Na reunião, o prefeito Isaú Fonseca criticou os serviços da empresa, como a demora para atender novas ligações e a baixa pressão da água em alguns bairros. Ele exigiu mais agilidade na instalação da nova estação de tratamento no 2º distrito. “Não podemos ficar refém de uma situação em que se paga pelo serviço e a empresa não atende.

A Caerd precisa respeitar nossa gente, ou serei obrigado a tomar outras medidas”, garantiu.

A Caerd abastece toda a cidade de Ji-Paraná e os distritos de Nova Colina e Nova Londrina com água tratada. Menos de dois por cento da população de Ji-Paraná dispõe de rede de esgoto. Em dezembro de 2019, o governo estadual autorizou o início das obras do esgotamento sanitário que deve atender cerca de 100% da população.


Fonte: Ascom


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.