] Jornal Correio Popular


Ji-Paraná(RO), 26/01/2021 - 06:31
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


JARU
Prefeitura orienta população sobre os cuidados com a dengue

Data da notícia: 2021-01-11 18:34:11
Foto: Assessoria/Divulgação
Os mosquitos se reproduzem em locais e objetos com água parada, suja ou limpa

Neste período do ano, em que as chuvas são mais frequentes é necessário redobrar os cuidados para evitar a proliferação do Aedes Aegypti, o mosquito causador da dengue.

Um mosquito bem pequeno, no entanto altamente nocivo à saúde humana, transmissor de doenças como a dengue, Zyca Vírus, Chikungunya e Febre Amarela.

Os mosquitos se reproduzem em locais e objetos com água parada, suja ou limpa. Como por exemplo: Vasinhos de planta, pneus velhos, ou qualquer recipiente que possa acumular água parada A reprodução é rápida e o remédio mais eficaz para evitar e combater a disseminação é a limpeza.

Diante disso, a orientação da Prefeitura do município de Jaru para manter o mosquito bem longe, é eliminar todos os potenciais criadouros, como por exemplo, pneus velhos, caixas d’água, calhas entupidas, vasos de plantas, fossas abertas entre outros exemplos que acumulem água.
No ano passado, nesse mesmo período, a prefeitura realizou um multirão de limpeza, a fim de exterminar o mosquito.

Na ação, caminhões que compõem a frota própria do município, além de servidores da prefeitura recolheram eletrodomésticos usados, eletrônicos, garrafas pets, pneus e vasilhames, entre outros objetos que acumulam água.

Outro ponto importante para destacar é referente às fossas abertas. Segundo levantamento do setor de endemias do município, a cidade conta com um número elevado de fossas abertas ou tampadas de forma incorreta, o que é um risco eminente de focos do mosquito e de outras doenças.

A secretária de saúde Tatiane de Almeida Domingues, destacou que várias ações já são realizadas pela prefeitura, com o objetivo exclusivo de evitar a proliferação do mosquito, mas que é indispensável a colaboração da sociedade. “Se cada um fizer a sua parte, mantendo o quintal sempre limpo ficaremos livres do mosquito”, finalizou.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.