] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 09/05/2021 - 01:20
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


AGRICULTURA
Colheita do Café inicia com maturação adiantada em RO

Data da notícia: 2021-04-12 18:11:56
Foto: Divulgação
Os agricultores iniciam a colheita quando 80% dos frutos estão maduros

O dia 10 de abril foi a data instituída por agricultores e técnicos do estado para o início da colheita do Café Robusta por marcar o período em que a maioria das lavouras de café apresentam índices de até 80% de frutos maduros. A data foi oficializada por meio da Lei 3.516, de 17 de março de 2015 e inclusa no Calendário Oficial do Estado.

Nem todos os cafezais apresentam o ponto ideal de colheita na data oficial, porque a atividade agrícola também é regulada pelos elementos e fatores do clima. Na região de Porto Velho e cidades próximas, os produtores a maturação do café atrasou um pouco, mas ainda assim, é possível colher as variedades ou clones de café mais precoces.

Em Itapuã do Oeste, o agricultor Leilton de Oliveira Vioto, assistido pelo escritório local da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO) cultiva um plantel de seis clones de café, dos quais dois já apresentam maturação adiantada. “Ainda vou esperar de 10 a 15 dias para dar inicio à colheita de minha produção”.

O produtor possui quatro mil plantas de café clonal irrigado no sistema de gotejo de fertirrigação, que já estão na segunda safra.

A expectativa para esta safra é de 120 sacas de café beneficiado por hectare. Metade das plantas dessa lavoura foram fornecidas pelo programa de fomento a produção da Secretária de Estado da Agricultura (Seagri) e o restante adquiridas de viveiristas locais.

“O critério para escolha dos clones leva em conta as características desejadas pelos cafeicultores como a produtividade elevada, resistência ou tolerância a doenças e a uniformidade de maturação. Quanto ao estágio de maturação, os clones são classificados como precoces, medianos e tardios. Essas características são muito importantes para facilitar o trabalho da colheita.

A cultura do café em Rondônia é uma atividade predominante da agricultura familiar, com uma média de duas a três pessoas da família trabalhando na lavoura. É fundamental o escalonamento da produção, para que a família consiga realizar a colheita no tempo desejado”, explica o técnico que orienta o produtor na condução da lavoura e gerente da Emater no município, Diomazino Sousa de Lima.


Fonte: Secom


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.