] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 24/10/2021 - 04:42
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


SETOR TURÍSTICO
Ministro do Turismo visita Costa Marques

Data da notícia: 2021-07-05 18:14:32
Foto: Assessoria/Divulgação
O Forte está localizado às margens do Rio Guaporé, na fronteira do Brasil com a Bolívia

O prefeito Vagner Miranda (Mirandão) juntamente com o vice-prefeito Cláudio Xavier receberam na tarde de sexta-feira (2), no município de Costa Marques, o Ministro do Turismo Gilson Machado Neto e o governador do estado Marcos Rocha, deputada federal Mariana Carvalho e outras autoridades que estiveram visitando o Real Forte do Príncipe da Beira.

A visita do ministro ao município foi precisamente para conhecer o Real Forte do Príncipe da Beira que é considerado a maior edificação militar portuguesa construída fora da Europa, no Brasil Colonial.

O encontro marcou a pré-abertura para a realização do I Workshop Supera Turismo, que aconteceu com a participação do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, na sexta-feira (2) em Porto Velho, com propósito de agregar experiências e apresentar a região de Rondônia, de forma atrativa, organizada e unificada com base nos segmentos em comum que possuem.

Na oportunidade o governador de Rondônia Marcos Rocha em conversa com o prefeito se prontificou estar vendo uma forma de investir no monumento histórico construído a centenas de anos as margens do Rio Guaporé, para atrair visitantes, gerando renda ao município que além do Forte Príncipe tem outros pontos turísticos a ser visitados.

“Essa é a maior fortaleza portuguesa na América Latina. O Real Forte Príncipe da Beira tem um valor histórico e turístico formidável, e o nosso Governo vai olhar com outros olhos para cá, para que a gente consiga aproveitar da melhor forma possível, recuperando esse lugar e gerando assim emprego e renda para toda a população”, afirma o ministro.

O Forte Príncipe foi construído há mais de 200 anos e é considerado a maior obra portuguesa fora de Portugal. Foi construído em um momento e local estratégico, na Amazônia, para coibir a presença de espanhóis. Foi tombado como patrimônio federal em 1950.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.