Jornal Correio Popular


ELEIÇÕES 2022
Silvia Cristina presta contas de suas conquistas e reforça propostas políticas para eleições

Data da notícia: 2022-09-16 18:46:51
Foto: Assessoria/Divulgação
Silvia Cristina falou sobre os 32 anos do Jornal Correio Popular e da importância do mesmo para a comunidade rondoniense

Silvia Cristina, deputada federal e candidata à reeleição do PL, discorre sobre seu trabalho desenvolvido nos últimos anos e suas propostas políticas para as eleições, dando continuidade a rodada de entrevistas que o Jornal Correio Popular está realizando com os candidatos a deputado federal, governador e senador de Rondônia. Confira a entrevista!


CP – Não é novidade para o eleitor que a deputada passou a atuar na prevenção ao câncer por ser acometida pela doença. Como está sua saúde hoje?

Silvia Cristina – Graças a Deus, está bem. Eu me sinto forte porque sei da importância de estar sempre fazendo a prevenção, apesar de que algumas vezes, não vou mentir para você, passa um pouquinho do prazo devido à correria, mas não deixo de dar essa atenção, a qual nós também seguimos à risca o nosso trabalho. A oportunidade que tivemos de entregar um hospital de prevenção e diagnóstico de câncer é para isso, de servir como exemplo, de dizer que quando a prevenção acontece é de maneira efetiva e de qualidade. Eu posso até diagnosticar a doença, mas com o hospital eu faço um tratamento mais rápido, menos sofrido, e com a certeza de que eu terei vida plena.


CP – Candidata, caso a senhora vença, quais os próximos passos em relação ao tratamento de câncer no estado?

Silvia Cristina - Pois é, com relação a esse trabalho que a gente faz na saúde, eu ainda quero acrescentar um terceiro expediente no nosso hospital aqui em Ji-Paraná. Nós queremos adaptar um horário das 18 horas até as 23 horas, pois geralmente o empresário libera o funcionário para cuidar de sua doença quando adoece, mas para diagnóstico, nem todos podem deixar o horário vago ali, são poucos os que permitem o seu funcionário fazer um diagnóstico. As empresas estão bem enxutas, a respeito do número de profissionais, se eu acrescento esse terceiro expediente, eu consigo atingir naquele horário das 18 horas às 23 horas uma prevenção que atinge mais pessoas. Esse é o meu propósito. Tem gente que pensa que não consigo atender todo mundo. Eu, além de poder, pretendo assistir todo mundo. Quanto mais abrir o leque maior a possibilidade de cumprir a minha missão, que é salvar vidas. Nós também ansiamos acrescentar que lá na capital Porto Velho, os exames de Pet-Scan, que hoje só são feitos de modo particular, custam em média R$ 6 mil, são mais específicos de que a tomografia e ressonância serão acrescentados em nosso hospital, em Porto Velho. Vai ser um avanço para a medicina, para o diagnóstico. Eu sei que é o tipo de exame que só os ricos podem fazer e nós vamos fazê-lo muito em breve, se assim tivermos oportunidade.


CP – Qual a importância que a troca de partidos teve na candidatura e como a senhora avalia o impacto que essa mudança teve junto ao seu eleitorado?

Silvia Cristina - Pois é. Eu sempre falo que nós não conseguimos agradar todo mundo. Mas o PDT nacional, ele me maltratou muito. Não entendeu a regionalidade de Rondônia, aquilo que a maioria das pessoas estava pedindo e, que não poderia ser contrária à população e eu estava sendo, em alguns momentos, por imposição do partido. Eu não tenho. Quero deixar isso bem claro. Eu não tenho nenhum tipo de problema com o PDT estadual e municipal e inclusive, contribuí com a formação de muitos deles no estado. Mas o PDT nacional, infelizmente, não conseguimos falar a mesma língua. Foi por isso que eu saí e vim para o PL. Fui abraçada, alguns não entenderam. Eu, na verdade, não sou radical. Sou uma pessoa que dissemina a paz, jamais alguém me verá esbravejando, vão me ver tentando apaziguar certas situações, porque eu tenho que espalhar o amor. Eu preciso disseminar a melhoria das pessoas. Então é isso, estou muito feliz no PL, algumas pessoas de repente não compreenderam, porém a justificativa é essa, estou em paz, feliz, tranquila para essa disputa. Em outro partido, que é o liberal.


CP – O que é mais importante na comunicação com o eleitorado?

Silvia Cristina - Que importa na comunicação é falar a verdade. Se o político não fala a verdade, não fala com paixão e não com amor, ele não consegue passar a mensagem. Algumas pessoas sempre me dizem e fico muito feliz: você se comunica muito bem, mas o segredo disso é a verdade, porque você não vai se contradizer e pronunciar com o amor, deixar que o coração também articule, aí sim, você consegue olhar nos olhos, falar com o eleitor e ter a certeza de que o que você está transmitindo é a verdade.

Quero agradecer a oportunidade que o Correio Popular nos dá. Todas as vezes que a gente tem uma matéria em que o Correio Popular vincula, as pessoas mandam para nós. Isso prova a credibilidade que o jornal tem nesses 32 anos. Não é por acaso que sobrevive há tantos anos e agradeço de coração. Eu me sinto muito honrada, de estar finalizando o primeiro mandato. Disse que iria, se tivesse a oportunidade de construir um hospital, estou deixando dois hospitais prontos. Essa é a maneira que mostramos de que é possível e tem muita coisa ainda para fazermos.

Fonte: Josias Britto

Notícia vista 1780 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.