Jornal Correio Popular


REAPLICAÇÃO
Inscritos têm provas do Enem hoje e amanhã em todo o país

Data da notícia: 2023-01-09 18:55:31
Foto: Assessoria/Divulgação
Só podem participar aqueles que assinaram termo de adesão, responsabilidade e compromisso pelo sistema online

Cerca de 75 mil candidatos farão hoje (10) e quarta-feira (11), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A maior parte, 71,6 mil, fará o Enem para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL) 2022 e 3,2 mil farão a reaplicação do exame.

As provas serão aplicadas em todos os estados e no Distrito Federal.

O Enem PPL é aplicado desde 2010 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com provas dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos órgãos de administração prisional e socioeducativa de cada unidade da federação.

Só podem participar aqueles que assinam termo de adesão, responsabilidade e compromisso, por meio de um sistema online.
O nível de dificuldade do exame é o mesmo do Enem regular.

Segundo o Inep, dos 71.614 inscritos nesta edição, 65.215, o equivalente a 91%, são homens e 6.399, ou 9%, mulheres.

A faixa etária de 31 a 45 anos representa 43,8% dos inscritos, seguida pelo grupo dos que têm de 46 a 59 anos (7,9%).

As provas serão aplicadas em 733 municípios, 1.569 locais, 5.170 salas, envolvendo 1.572 coordenações. São Paulo (20.081), Minas Gerais (5.204) e Ceará (4.494) são os estados com maior número de participantes.

A aplicação das provas é posterior ao Enem regular e ocorre em dias úteis. Adultos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa interessados em participar do Enem PPL devem solicitar a inscrição ao responsável pedagógico da sua unidade, desde que esta tenha assinado o acordo com o Inep.

A reaplicação é voltada para candidatos do Enem regular, que foi aplicado nos dias 13 e 20 de novembro do ano passado, que foram impedidos de fazer as provas devido a problemas logísticos ou a doenças infectocontagiosas.


Fonte: Agência Brasil

Notícia vista 11816 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.