Jornal Correio Popular

CRIME AMBIENTAL
PF faz operação contra madeireiras suspeitas de receptação, comércio e transporte ilegal

Data da notícia: 2023-03-01 18:46:13
Foto: Assessoria/Divulgação
Policiais cumpriram mandados de busca e apreensão, na terça-feira, nas cidades de Porto Velho e Cacoal

Duas empresas do ramo madeireiro foram alvos de uma operação da Polícia Federal (PF), na terça-feira (28), em Porto Velho. Elas são suspeitas de receptação, comercialização e transporte ilegal de produto florestal.

As investigações contra os grupos criminosos iniciaram depois que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) detectou Documentos de Origem Florestal (DOFs) sendo emitidos de forma fictícia para acobertar a recepção e o transporte ilegal de madeira.

Ainda de acordo com a polícia, os DOFs falsificados enganavam até mesmo as forças policiais. Com o início da investigação, foi constatado que uma madeireira do Distrito de Nova Califórnia, impedida de funcionar pelo Ibama, estava usando nome de laranja para emitir DOFs.

Com o documento fantasma, a madeireira ‘laranja’ tentava transportar, por meio de outra empresa, produtos florestais para o estado de São Paulo.

“A investigação policial revelou que, mesmo impedida de atuar, a empresa movimentou mais de 8 mil m³ de madeira ilegal durante o ano de 2019”, afirmou a PF.

A 3ª Vara Federal da Seção Judiciária de Rondônia autorizou o cumprimento de cinco ordens judiciais, sendo três contra pessoas físicas e duas contra jurídicas.

Os mandados foram cumpridos na terça-feira nos Distritos de Nova Califórnia e Vista Alegre do Abunã, em Porto Velho, e também na cidade de Cacoal. Durante a operação da PF, uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma.

Fonte: Policia Federal - Assessoria

Notícia vista 11909 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.